(51) 3714-4880    (51) 98682-8901

Como morar na Itália em 2022!

17 de agosto de 2022
Como é morar na Itália?

“Sinceramente, é bom morar na Itália?” Morar na Itália é… diferente!
Esqueça a vida agitada das grandes cidades brasileiras. Com exceção das poucas cidades grandes do país, o ritmo de vida na Itália é lento, é como se a vida das pessoas fosse baseada na ideia implícita de “Se não der para resolver hoje, tudo bem: nós pensamos nisso amanhã”.

Aliás, esqueça as grandes cidades: Itália é um país de cidades pequenas. Exceto Roma e Milão, todas as outras cidades têm uma população abaixo de 1 milhão de habitantes. E esses habitantes fazem questão de tirar duas horas, em média, como horário de pausa para o almoço. Haja estômago!

É exatamente por esse motivo que o ritmo de vida não é tão frenético como nos grandes centros. A proximidade com o interior é bastante sentida, principalmente em regiões mais agrícolas, como a Úmbria, a Toscana e as Marcas, como em outras cidades do centro-sul do país. Para como é morar na Itália, só vindo para entender!

Como morar na Itália legalmente?

Para morar na Itália legalmente, você vai precisar de um visto de residência e, assim que chegar no país, é imprescindível tirar o Permesso di soggiorno.
O governo italiano aceita como residente (temporário ou permanente) um cidadão estrangeiro caso ele se enquadre em alguma das categorias abaixo:

Estudo;
Trabalho;
Investimento;
Aposentado.

Estudar na Itália.

Se você está pensando em como morar na Itália por um período pré-estabelecido, saiba que um dos modos de se mudar para o país é através de um intercâmbio, matrícula na universidade ou até mesmo, inscrição em um curso de língua italiana.

Estudar na Itália é, inclusive, uma ótima forma para conhecer mais de perto o estilo de vida dos italianos, a língua, a vida universitária e a cultura de forma geral.

Mas esteja atento: para estudantes estrangeiros, procurar cursos específicos antes de vir para a Itália é imprescindível. Cursos profissionalizantes por aqui exigem cidadania italiana ou um Permesso di Soggiorno válido por, no mínimo, 3 anos.

Trabalhar na Itália.

Caso o seu desejo seja se estabelecer no país de forma definitiva, encontrar uma vaga de emprego será fundamental. Morar e trabalhar na Itália poderá te ajudar a entender o ritmo de trabalho no país — além, de claro, garantir uma renda fixa no país.

Aposentar na Itália.

Finalmente a tão sonhada aposentadoria! Que tal se mudar para a Itália após tantos anos de empenho? Em consequência de um acordo entre os INSS brasileiro e italiano (chamado INPS), o cidadão brasileiro pode usufruir a aposentadoria brasileira em solo italiano.

Inclusive, este umas das possibilidades de visto e de Permesso di soggiorno disponíveis!

O que é o Permesso di Soggiorno?

O Permesso di soggiorno nada mais é do que um documento que autoriza o cidadão estrangeiro a permanecer no país. Isso significa que, além do visto, o cidadão estrangeiro, assim que chegar na Itália, vai precisar solicitar também o Permesso di soggiorno! Lembre-se que ambos são necessários para morar na Itália!

Para diferenciar os dois documentos é fácil: o visto é a autorização, para quem está no exterior, de entrar no país; já o Permesso concede a autorização a uma estadia longa para quem foi autorizado a entrar no país (através do visto). Agora ficou fácil de entender, né?

O Permesso di soggiorno é um documento essencial para poder morar na Itália! Sem ele, a sua estadia ou mudança definitiva não poderá ser completada, e isso significa que você não poderá estudar, trabalhar ou até mesmo, sair do país!

Você quer saber mais sobre o assunto, leia a matéria completa no site Eurodicas, clicando no link abaixo.

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com estas condições, e, com nossa Política de Privacidade. Consulte nossa Política de Privacidade.